Como Criar Site Grátis

Como Criar Site Grátis

Apesar de muitas pessoas procurarem sobre como criar site grátis no Google esperando encontrar complexas plataformas, na eSites o caso é outro. Pois, nós oferecemos um construtor de sites gratuito muito simples e intuitivo, onde o desenvolvimento de sites pode ser feito sem nenhum conhecimento em programação, apenas por clique e arraste. Nos vídeos a seguir, é possível conferir um pouco dessa simplicidade e colher dicas sobre criação de sites profissionais por meio da nossa ferramenta. Contudo, caso queira criar site grátis imediatamente, acessa a home do nosso site e siga os passos indicados. 

Como Criar Site Grátis
Criar site grátis agora

Como criar site grátis em 5 segundos

Como criar site grátis Criar site grátis agora

Conforme atesta o vídeo em destaque nesta seção, depois de vê-lo, já não há mais segredo sobre como criar site grátis. Porque, para fazê-lo, basta inserir seu e-mail, url provisória sem o www (para ser trocar por um dimínio customizado posteriormente, escolher o template que mais correspode ao seu nicho e apertar criar site. Pronto, na próxima tela você já será redirecionado para o design escolhido com o nosso construtor de sites gratuito por clique e arraste ativo, onde você poderá customizar qualquer imagem, texto ou elemento que quiser.

Também é importante ressaltar que o nosso construtor para criar sites também permite a criação de lojas virtual integradas a marketplaces com possibilidade de upgrade para plataformas de gestão de afiliados e mensalidades. Além disso, também viabilizamos cursos de marketing gratuitos, com exemplos em vídeos de estratégias que deram certo para divesas empresas em variados segmentos de mercado. Dessa maneira, nós procuramos nos colocar como importantes aliados do seu crescimento, sempre visando a sustentabilidade do seu negócio, que agora contará com uma plataforma de criação de sites profissionais.

Como criar site grátis com imagens profissionais?

Obviamente, os que procuram como criar site grátis no Google, também devem se preocupar com o conteúdo que será inserido nele, em especial com as imagens, pois não adianta nada ter uma plataforma para desenvolvimento de sites se as imagens a serem utilizadas nele também não incorram em custos. Dessa forma, a eSites resolveu disponibilizar uma incrível biblioteca de imagens gratuitas viáveis de serem inseridas em qualquer lugar do site por meio do nosso construtor de sites por clique e arraste. Confira no vídeo em destaque como é fácil usá-la.

É importante salientar, também, que a eSites, além de contar com um banco de imagens gratuitas integrado diretamente no editor, também viabiliza centenas de templates já pré-prontos para diversos nichos que vem no jeito para você só customizar com algumas informações a mais da sua empresa, alterando textos e fotos, para assim, já conseguir criar seu site com incrível rapidez e facilidade.

editor Banco de imagens

Como criar site grátis responsivo, que funciona no celular

Editor para site responsivo

Parece brincadeira, mas muitas plataformas para construção de sites gratuitos não permitem que o edite especificamente para celular. Na eSites, contudo, essa realidade é diferente, pois o nosso construtor de sites grátis também permite a customização dele para tablet e mobile, fazendo com que se apresente designs específicos para os mais variados tamanhos de tela. Isso é muito importante, pois, atualmente, mais de 80% das visitas online chegam de dispositivos móveis. Dessa forma, site responsivo hoje em dia é imprescindível!

Para conseguir viabilizar toda essa facilidade a eSites conta com um construtor de site desenvolvido com bibliotecas de última geração de javascript, que permite, além da facilidade de cosntruçã e gerenciamento do site, uma velocidade para utilizá-la sem igual, fazendo com que sejamos considerados, por muitos, a melhor plataforma de construção de sites disponível no mercado.

Quem vê a eSites hoje com centenas de designs para sites em variados nichos já prontos para você customizar por meio do nosso contrutor gratuitamente, nem imagina a imensa história de batalha que há por trás.

Eu comecei a desenvolver sites aos 14 anos, em 2002, quando fiz um para a turma da escola, onde era possível compartilhar fofocas, verdadeiras ou não, um pouco antes de qualquer coisa virar bullying e as redes sociais dominarem grande parte da audiência online. O meu pequeno empreendimento adolescente foi um sucesso e contamos com umas 50 visitas todos os finais de semana durante um bom tempo.

Alguns anos depois, fiz cursinho em Ipatinga e São Paulo, para tentar ingressar na faculdade de áudio visual da USP. Não passei porque fui mal na prova específica, que, pra falar a verdade, eu nem sabia que existia. Eu não tinha maturidade o suficiente na época para saber realmente o que eu queria. Então, no ano seguinte, fui estudar em um pré-vestibular em Juiz de Fora, visando passar na faculdade de comunicação da UFJF, planejamento interrompido por uma mudança de planos, pois no meio do ano comecei a cursar Publicidade e Propaganda na Unileste, uma faculdade particular na minha cidade natal. A partir daí, foi ficando cada vez mais óbvio que eu deveria investir mais na minha carreira de desenvolvedor de sites, pois a internet crescia a passos largos.

Dessa forma, abandonei minha primeira faculdade, na metade do segundo período, e entrei no curso tecnológico de Produção Multimídia, na UNI-BH. Fiquei satisfeito de início ao perceber que a proposta era muito mais técnica do que teórica, que com a velocidade da internet virava mesmo é uma baita conversa fiada. Todos esses cursos da área estão defasados para o profissional enfrentar essa nova fase mundial, minha opinião é até de que o curso de administração, comunicação, publicidade, engenharia de produção e sistema de informação deveriam ser um só. Essa realidade, apesar das matérias que viabilizaram mais experiência no novo curso, também fez com que eu o abandonasse, para ficar apenas no Centro de Treinamento da ADOBE, onde percebi que eu poderia adquirir todo o conhecimento que a nova faculdade se propunha em dois anos e meio em apenas um, o que fiz. Comprei 15 cursos, aluguei um apartamento com um colega longe da bagunça das cinco repúblicas ou pensões pelas quais passei em um ano e alcancei meu objetivo, junto com os estudos em casa acerca do WordPress, plataforma que hoje serve de base para a eSites, e produção de conteúdo para o meu blog pessoal, que me rendeu 5 mil dólares à época, dinheiro com o qual, mais tarde, comprei um carro, o vendi e fui para o Vale do Silício, trancando minha terceira faculdade, de Administração, agora já em Viçosa, na UFV.

Antes de falar sobre a minha aventura no exterior como desenvolvedor de sites, é importante ressaltar que a minha experiência em Viçosa fo tão rica quanto na capital, e um tanto quanto mais divertida também, pois lá eu não precisava andar 12 kilômetros todos os dias para estudar e enfrentar trombadinhas na rua, que, por eu ser baixinho, achavam que poderiam me roubar todos os dias, o que não deixei, pois cheguei à conclusão de que aquilo já estava virando bullying.

No primeiro período da UFV, curti muitas festas e confesso que não frequentei a faculdade como devia, o que me fez perder muitas matérias. No entanto, para o período seguinte eu havia me comprometido com os estudos, fato que não aconteceu, pois no primeiro dia da aula de cálculo um dos sujeitos mais ricos de Minas Gerais me ligou, falando que havia gostado muito da reunião do dia anterior e que gostaria de me ter na equipe.

Conquistei essa nova empreitada chegando de sandalha, camiseta, brinco e chinelo sem marcar horário com o milionário; apenas dizendo que o meu conhecimento com certeza interessava ao famoso empresário para a secretária, que com um olhar surpreso me encaminhou à reunião após uma rápida ligação.

Com um lugar de destaque nessa empresa, então líder no ramo de vídeo aulas em DVD, gerenciei, aos 21 anos, uma equipe de programadores, designers e jornalistas. Obtive um rápido crescimento orgânico no Google, por meio da aplicação de técnicas de SEO (Search Engine Optimization), que eu havia aprendido com o meu blog pessoal, reduzi o custo dos cliques no Google Ads e elevei a qualidade do usuário que vinha das campanhas de publicidade online, foi um sucesso total. Entretanto, eu não possuía experiência o suficiente para ter entrado nessa com um bom contrato, ao passo que as confusões começaram, impulsionadas, principalmente, pela minha insatisfação com o pagamento e chefe de setor, que insistia em me ver com um concorrente.

Já fora dessa empresa, fui trabalhar para o concorrente, experiência muito proveitosa, já que ele era imensamente menor que o empregador anterior, o que me fez ter uma visão ampla do mercado. Nesse novo contrato, eu já estava mais experiente em relação à documentação, mas fiz algumas parcerias e contratações que não se mostraram tão frutíferas, o que acabou inviabilizando a permanência dele comigo, mas que, sem dúvida, gerou-me muito conhecimento.

Já com o mercado de desenvolvimento de sites em Viçosa completamente explorado e uma frustração enorme em relação ao curso de Adminsitração na UFV, decidi vender meu FIat Uno 96, pegar o dinheiro e partir para a Califórnia, no Vale do Silício, berço da tecnologia moderna ocidental e sede de organizações como Google, Apple, Facebook e muitas outras.

Morei por mais de um ano nos Estados Unidos, em 4 cidades das 11 que compõem a região, visitei São Francisco várias vezes e até São José, a última cidade mais ao sul, bem como a faculdade pública que essa abriga. Dividi um porão com mais 8 pessoas, cada uma de um lugar direferente do mundo. Trabalhei em três empresas de tecnologia, melhorei imensamente o meu currículo e inglês.

Meta cumprida e objetivo alcançado, voltei ao Brasil, crente que emprego para mim, agora, não faltaria; ledo engano. A crise de 2014 estava assolando o país e eu não obtive nenhum convite sequer para conversar. Cenário que achei que mudaria com um convite inesperado para ter minha empresa incubada em um órgão ligado à UFV e ao SEBRAE. Todavia, como é comum na história de tantos brasileiros que depositam alguma esperança maior no governo, eu quebrei a cara. Para fazer a coisa acontecer eu precisaria de pagar propina e conhecimento técnico era algo inexistente entre meus supostos auxiliadores. Sendo assim, voltei para a minha cidade natal, graças a Deus, sem ter encostado um dedo naquele dinheiro, que mais tarde percebi ser amaldiçoado, pois todos que dele usufruíram passaram por algum problema no mercado que talvez não enfrentariam se tivessem crescido de forma dinâmica auxiliados exclusivamente pelo setor privado.

Já novamente em Ipatinga, estabeleci algumas parcerias com agências de publicidade para, mais tarde, alcançar alguns contratos próprios e fundar, enfim, a eSites, como uma empresa com um construtor de sites gratuitos de qualidade. Hoje, contamos com centenas de clientes e milhares de visitas diárias em toda a rede, o que me deixa muito feliz em repensar toda a minha tragetória, que, atualmente, também conta com o apoio do Phellipe Kelbert, talentosíssimo programador que conheci na caminhada.

Alguns usuários não possuem tanta intimidade com tecnologia, demandando-nos, muitas vezes, o desenvolvmento do site sem ele precisar trabalhar com o nosso construtor. Se este for o seu caso, fique tranquilo, também prestamos esse tipo de serviço, é só entrar em contato conosco e, com uma logo em png, de fundo transparente, e lista de serviços/produtos em mãos, nós customizamos o design escolhido mediante a assinatura do nosso servidor de hospedagem.

Sendo assim, não perca mais tempo, clique no botão abaixo e converse, agora mesmo, com a nossa equipe de desenvolvedores de site para que possamos customizar o design que escolher para o seu nicho entre a nossa imensa coleção ;-)

Criar site grátis para gestão de anúncios no Google Ads?

Se você já achou fantástico nós viabilizarmos a criação de sites grátis, talvez fique ainda mais impressionado ao saber que também gerenciamos gratuitamente o Google Ads, que emite relatórios de retorno do investimento completamente integrados ao nosso construtor de sites, o que permite saber exatamente quando se paga por alguma conversão previamente estipulada, seja ela um contato, cadastro ou venda. Esses dados permitem-nos aconselhar nossos parceiros sobre a quantia exata do que se investir mensalmente, de maneira a otimizar resultados a menores custos.

Criar site grátis para se investir nas redes sociais ou Google Ads?

Muitas pessoas nos perguntam ou até afirmam que o investimento em Google Ads ou em redes sociais é melhor ou pior do que o outro. Nossa opinião é que isso pode variar de mercado para mercado, alguns apresentarão melhores resultados em campanhas de marketing online nas redes sociais outras apresentarão melhores resultados no Google Ads. Temos um parceiro que consegue um contato a cada R$ 1,00 investidor no Google Ads, ele atua no ramo de reboques em divinópolis, outro, já vende mudas de banana, e também vê excelentes resultados no investimento em publicidade no buscador. Já outro atua como vendedor de vasos decorativos e tem visto resultados ainda melhores por meio das redes sociais, onde, muitas vezes, tem adquirido um contato a cada R$ 0,25. Sendo assim, para ter certeza mesmo do que é melhor para o seu negócio, é preciso, antes de mais nada, testar.

Criar site grátis ou loja online?

Muitas pessoas realmente não precisam de nada mais do que um site institucional com a nossa gestão grátis de Google Ads. Contudo, é cada vez maior a demanda de indivíduos que dependem de receber pagamento pela web, o que seria facilitado, e até barateado, por um meio de recebimento integrado diretamente com a criação de site dele, o que também é viabilizado pelo nosso construtor de sites. Sendo assim, mesmo que você não deseje fazer uma loja virtual para vender produtos na internet, sem dúvida seria uma boa ideia ativar o sistema de pagamento do seu site institucional para começar a receber diretamente via web, sem nem precisar de gastar mais com maquininhas de pagamento. Ademais, taxas de alguns gateways de pagamento podem girar até em mais de 4%, o que é a média de mercado, já na eSites, taxas menores do que essas são viabilizadas, inclusive pela nossa integração com a Cielo, gateway que possui a melhor taxa de aceitação do mercado e, mediante acordos firmados pela eSites diretamente com eles, taxas menores são propiciadas aos nossos clientes.

Site grátis com sistema de pagamento e programa de afiliados?

Ao optar por receber pelos serviços prestados em seu site, a remuneração de parceiros que indicam clientes fica facilitada se você optar pelo upgrade e usufruir, também, de uma plataforma de gestão de afiliados integrada ao seu site que recebe pagamentos online. Funciona assim: o seu parceiro recomenda alguém para comprar em sua loja e lhe dá um cupom de desconto, ou este seu cliente chega por um link ou banner do seu aliado e fecha a compra direto na plataforma, viabilizando a remuneração do indicador por meio destas três estratégias de publicidade do seu negócio. Além da comissão, também temos visto muitos de nossos clientes utlizando a plataforma de programa de afiliados para emitir cashbacks, ou que significa que o indicador ficará com um crédito a cada recomendação, podendo ganha um serviço ou produto grátis após se atingir determinado patamar financeiro, o que também é mostrado no painel de afiliado, que torna toda a questão muito mas prática e viável de ser implementada e gerenciada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *